Em Louvor da Diversidade: Bancos do Brasil – Amsterdã

Com alegria informamos que de 16 de Setembro a 21 de Outubro de 2012, no Hôtel Droog (Staalstraat 7B), em Amsterdam, participamos com o Banco Flexa Baixo trançado em percinta, da exposição:

Em Louvor da Diversidade: Bancos do Brasil

A exposição “Em Louvor da Diversidade: Bancos do Brasil” com curadoria de Adélia Borges, reúne, sem qualquer diferenciação hierárquica, por volta de 55 bancos concebidos por designers, artesãos, pessoas das comunidades e índios de várias regiões do Brasil. Diversidade é a palavra-chave da exposição. A decisão de apresentá-los juntos, lado a lado, tem o propósito de explorar a idéia de como a mesma função – a de sentar-se – pode trazer objetos totalmente diferentes. Por conseguinte, pode ser observado que, de fato a forma segue a função, mas vai ainda mais longe, expressando a cultura local em que os objetos são concebidos e produzidos.
Os bancos indígenas têm formas e gráficos ricos em significados que se cruzam ao longo de gerações. Esculpidos de uma única peça de madeira imitam alguns animais, como a onça, gavião, macaco, ou abutre, enquanto outros têm formas limpas como se viessem diretamente de livros Bauhaus. Os bancos feitos por artesãos analfabetos que trabalham com materiais disponíveis na comunidade em que vivem, muitas vezes englobam valiosas lições no conforto ergonômico e uso adequado de materias.

Apresentação

Apresentação

  • Apresentação
  • Bancos diversos
  • Exposição
  • Bancos diversos
  • Exposição
  • Exposição
  • Bancos diversos
  • Exposição
  • Exposição